quarta-feira, 14 de abril de 2010

Concurso Folha


Folha abre concurso para novos ilustradores
Estão abertas inscrições de prêmio que vai eleger novo colaborador do jornal.
Candidatos têm até 30 de abril para concorrer em cinco categorias distintas: cartum, charges, quadrinho, caricaturas e ilustração

DA REPORTAGEM LOCAL
Já é possível se inscrever para a quarta edição do Concurso de Ilustração da Folha. Será a porta de entrada para a publicação de charges, quadrinhos e ilustrações no jornal para amadores e profissionais.
A competição contempla cinco categorias: cartum, charge, quadrinho, ilustração e caricatura. Serão premiados três trabalhos por categoria, todos publicados depois na Folha, sendo cartum o principal alvo.
Também haverá um vencedor geral do concurso, premiado com um contrato de colaborador do jornal por três meses. Candidatos têm até 30 de abril para se inscreverem e podem participar em quantas categorias quiserem (leia regulamento ao lado). Vencedores serão anunciados no fim de maio.
"A Folha tem bons profissionais nessa área, mas quer expandir o quadro de colaboradores, descobrir novos talentos", diz Fábio Marra, editor de Arte e um dos jurados do prêmio. Também integram o júri nesta primeira fase Marco Aurélio Canônico, editor do Folhateen, e André Barcinski, crítico de cinema da Ilustrada. A seleção final será do editor-executivo da Folha, Sérgio Dávila, e dos cartunistas Angeli e Laerte.
"A originalidade das ideias e do traço será um quesito importante, porque isso ajuda o trabalho a se sobressair. É uma associação de bons traços com boas ideias", acrescenta Marra.

Vencedores passados
Essa mistura já apareceu nos trabalhos enviados pelos vencedores das três primeiras edições, muitos deles hoje parte do quadro fixo de ilustradores do jornal. "Para mim, foi ótimo. Eu nunca havia trabalhado com ilustração. Sempre quis publicar na Folha e o concurso foi uma porta de entrada", lembra Adams Carvalho, que ficou entre os finalistas do concurso realizado em 2006. Ele ilustra agora a cada semana a coluna de Gilberto Dimenstein.
A primeira edição do concurso, em 1985, premiou a tira "Níquel Náusea", de Fernando Gonsales, até hoje publicada diariamente na Ilustrada, entre outros. Premiado na segunda edição, em 1999, Jean também faz até hoje charges políticas publicadas em Opinião, a página de editoriais do jornal.
"É muito disputado esse concurso. É você alcançar mesmo um ponto de amadurecimento na carreira", lembra o chargista Jean. "Antes, eu publicava em jornal do interior, mas, quando você passa para a grande imprensa, muda um pouco, você sente que aquele espaço tem mais responsabilidade."
Como todo vencedor do concurso, Jean ficou três meses iniciais colaborando com o jornal, segundo prevê o prêmio, mas não parou desde então.
Milhares de candidatos participaram das últimas três edições do concurso -foram 1.510 em 2006. Entre vencedores anteriores, também está João Spacca, que fez charges no jornal por quase dez anos.

Um comentário:

anel disse...

vou te linkar, brow